Como instalar o XAMPP no Linux

Oct 15 / Paulo Oliveira
No primeiro momento, pode parecer um pouco difícil de instalar o XAMPP , mas ele é extremamente prático e pode ser inserido em diferentes distribuições Linux em poucos passos.

O XAMPP é uma distribuição do Apache e contém PHP, MySQL e Perl em seu sistema. Justamente por essa variedade de linguagens, ele acaba sendo muito solicitado entre os programadores da comunidade Linux.

No Windows, basta baixar e executar para adicionar à lista de programas. No caso das distribuições Linux, é um pouco diferente.

Para mostrar o quão fácil é instalar o XAMPP em distro Linux, a Linux Solutions preparou este guia e cumpriu todos os passos para instalar este importante servidor web!

O que é o XAMPP?

O XAMPP é uma distribuição Apache e conhecido por ser um servidor independente que se baseia em dados MySQL e interpretadores de linguagens de script em PHP e Perl. 

Inclusive, o próprio nome XAMPP conta com uma referência, onde o X significa uma possibilidade de funcionamento em diferentes sistemas operacionais. Já o A, M, P e P é a abreviação de Apache, MySQL, PHP e Perl. 

Assim como outras soluções, o XAMPP trabalha como um servidor de código aberto e é bem acessível, mas oferece soluções excelentes para Linux, mesmo em máquinas.

Embora seja executado em diferentes distro Linux e sistemas operacionais, o XAMPP é usado frequentemente por GNU/Lin possaux, MacOS, Solaris e Windows.

Como instalar o XAMPP

Antes de instalar o XAMPP no Linux, você precisa saber se o seu sistema é de 32 bits ou de 64 bits e abrir um terminal para dar procedimento nos passos a seguir.

Caso não lembre como descobrir os bits do seu sistema, basta usar o comando uname -m e encontrar o valor, seja 32 ou 64 bits.

Tendo isso em mente, basta seguir os passos abaixo!

1. Baixe a versão de acordo com o seu sistema (32 bits ou 64 bits)

Toda pessoa consegue  baixar o XAMP gratuitamente no site da Source Forge, de controle de código e um abrigo para membros ativos da comunidade Linux.

Note que você precisa baixar a versão correta, que fica descrita no nome do arquivo. Por exemplo, xampp-linux- x64 -8.0.11-0-installer.run, indica que ele é indicado para o sistema 64 bits.

Você também pode realizar o download pelo próprio terminal através do comando:

wget [link do download]

2. Deixe o arquivo executável

Na sequência é preciso tornar o arquivo executável através do comando chmod +x. os arquivos disponíveis no Sourcege já têm os finais necessários -O xampp-installer.run justamente para lembrar os usuários que é tornar o arquivo executável.

Para fazer isso, basta usar o comando:

chmod +x xampp-installer.run

3. Instale o XAMPP

Feito isso, você precisa instalar o XAMPP e seguir o passo dado pelo programa próprio. No geral, esta é a parte mais simples e fácil de instalação.

Você consegue iniciar a instalação através do comando:

sudo ./xampp-installer.run

4. Finalizar o assistente de instalação

Assim que você executar o comando de instalação, o assistente de instalação indica todas as possibilidades de configuração e você só precisa marcar aquilo que mais útil.

Por fim, basta aguardar o progresso da instalação e finalizar o assistente de instalação.

5. Crie um atalho e pronto!5. Grep

O passo para instalar o XAMPP não é o último para implementá-lo na sua máquina, mas sim garantir um acesso fácil no ambiente gráfico.

Caso a sua rede seja 32 bits, você consegue criar um atalho através do comando:

echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=xampp\n Exec=gksudo /opt/lampp/manager-linux.run \n Icon=/opt/lampp/icons/world1.png\n Type=Aplicativo\n Categories=Aplicativo' | sudo tee /usr/share/applications/xampp.desktop

Se a sua máquina for 64 bits, o comando a ser feito é este:

echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=xampp\n Exec= gksudo /opt/lampp/manager-linux-x64.run\n Icon=/opt/lampp/icons/world1.png\n Type=Aplicativo\n Categories=Aplicativo' | sudo tee /usr/share/applications/xampp.desktop

Tendo realizado este último passo, o XAMPP e todas as suas muitas ferramentas disponíveis para você!
Created with