Especialização em Linux vale a pena?

Sep 6 / Paulo Oliveira
A partir de 2021, a especialização em Linux não será algo facultativo, mas sim uma obrigatoriedade entre técnicos e especialistas em TI. Isso porque a transformação digital foi impulsionada devido ao período inédito da pandemia de covid-19 .

Na prática, isso significa que a quarentena deu uma largada para que as empresas busquem melhorias mais importantes na infraestrutura digital. Portanto, uma busca por profissionais realmente superando é algo que deve crescer ainda em 2021.

Hoje a Escola Linux traz este artigo e explica o porquê da especialização em Linux ainda é algo fundamental e importante aos novos e atuais especialistas em TI.

Desafios da tecnologia no Brasil

Pequenas, médias e grandes empresas devem lidar com as consequências da transformação digital acelerada e como mudanças impostas pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Muitas empresas optaram por seguir mais fácil com o propósito de digitalizar processos e automatizar etapas de projetos.

O correto seria contar com uma distro Linux adequada e assim garantir um sistema personalizável e protegido, porém a presa por medidas mais ágeis devem comprometer muitos negócios nos próximos anos.

Entre os riscos, vale citar o ransomware , ciberataque que sequestra informações sigilosas das empresas e cobra resgate por esses dados, que tem crescido nos últimos meses no Brasil. Inclusive, dados apresentados mostram que o Brasil está em quinto lugar em quantidade de oferta.

De acordo com o  levantamento da SonicWall , o Brasil é o maior alvo dos ataques de ransomware, com mais de 9 milhões de usuários. Os líderes são Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e África do Sul.

Em relação às mudanças legislativas, como pequenas e médias empresas devem ser os principais impactos. Com as diretrizes da LGPD, PMEs deve organizar e gerenciar todos os dados de colaboradores e clientes com propósito de não vazar nada.

Caso algo não aconteça como prevê uma lei, a multa pode chegar a 50 milhões de reais.

No cenário da LGPD, o técnico em TI com especialização em Linux consegue criar uma infraestrutura adequada para que uma distro Linux ofereça privacidade e segurança à rede.

Cenário da TI no Brasil

O cenário da TI no Brasil também favorece uma especialização em Linux . Hoje o gargalo principal das empresas está na falta de mão de obra da área.

Em 2019, a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais (Brasscom) , chegou a apontar um déficit potencial, anual, de 24 mil profissionais em TI.

Segundo o estudo, o número de formados chegava a 46 mil alunos por ano, enquanto a demanda estimada, entre 2019 e 2024, alcançaria aproximadamente 70 mil.

Onde fazer uma especialização em Linux?

Você consegue fazer uma especialização em Linux na Escola Linux, responsável por apresentar cursos completos e didáticos aos profissionais interessados ​​em conhecer mais sobre as distribuições Linux.

O Linux é um sistema operacional versátil que deve ser o principal aliado das empresas nos próximos anos. Portanto, entendê-lo por completo pode abrir muitas portas nos próximos anos .

Clique aqui e saiba mais sobre os cursos da Escola Linux
!
Created with