O que é banco de dados não relacional e quais são os tipos?

Feb 2 / Paulo Oliveira
O banco de dados não relacional é um padrão de armazenamento que ganhou popularidade nos últimos anos, fazendo parte dos projetos que precisam de mais liberdade relacional na hora de organizar e processar dados.

Ainda assim, mesmo com poucos programas de importância conhecem e realmente sabem que tratam este importante banco de dados. Porém, com a constante atualização da tecnologia, conhecer o assunto é fundamental.

Justamente por isso, a Escola Linux e mostra o banco de dados não relacional,  tirando as principais dúvidas sobre este novo formato relacionado de armazenar arquivos e tratar dados não relacionados.

O que é banco de dados não relacional?

Também conhecido como BD NoSQL e NoSQL, o banco de dados não relacional é uma forma de processar e organizar um volume maior de dados sem a necessidade de estruturação.

Na prática, o programador consegue ajustar de acordo com o projeto e proporcionar mudanças mais efetivas conforme as muitas maneiras de organizar as linhas e tabelas.

Embora tenha sido desenvolvido de forma exclusiva em nomes diferenciados de 10 nomes SQL, como programas reconhecidos a partir de uma série de nomes e 6 em muitos nomes.

Atualmente, o banco de dados não relacional volta a se destacar por conta da necessidade dos novos de processamento de um volume ainda maior de dados, especialmente quando relacionado à nuvem, dispositivos móveis e big data.

Por exemplo, o histórico de dados gerado em planos de saúde é alto e à medida que a telemedicina evolui, a necessidade de implementação como soluções de dados NoSQL fica ainda maior.

Isso porque os desenvolvedores podem conseguir bancos de dados com maior agilidade e capacidade, podendo salvar e tomar como informações mais relevantes na hora de uma decisão.

Tipos de banco de dados não relacionais

O banco de dados não relacional conta com estruturas variadas de uma organização sob medida.

Deste modo, ele não se limita ao modelo de estruturação de dados fixos e vai além do banco de dados relacional (SQL).

Abaixo você confere os quatro principais tipos do banco de dados não relacional!

1. Chave-valor

Como o próprio nome sugere, o formato chave-valor realiza o pareamento dos dados a partir das chaves e valores a partir da tabela de hash. Este banco de dados de costume ser utilizado quando as chaves identificadas e os valores associados não são.

2. Documento

O banco de dados com a estruturação de documento é mais complexo e vai além do conceito chave-valor. Aqui, o conjunto de documentos considerados inteiros, banco de dados de grupos chamados de coleções.

Esta estrutura é com os pares de chave-valor compatíveis já aninhados, permitindo a consulta de atributos, indiferentemente ao documento.

3. Gráfico/Gráfico

O banco de dados não relacional do tipo de gráfico utiliza um modelo baseado em nós e bordas que representa os dados interconectados. Deste modo, o armazenamento fica mais complexo, porém igualmente mais detalhado.

4. Colunar

Por fim, colunar costuma se destacar por o tipo de dados de uma coluna larga, que permite a identificação dos dados de famílias de colunas. Este modelo não mostra por permitir uma consulta das colunas de dados.

Created with