Principais diferenças entre banco de dados SQL e NoSQL

Aug 1 / Paulo Oliveira

Principais diferenças entre bancos de dados relacionais e não relacionais   

Quando falamos de banco de dados, você encontra os sequenciais e não sequenciais, populares pelas respectivas siglas SQL e NoSQL. Embora os nomes sejam bem parecidos, há diferenças consideráveis nos dois bancos de dados.

Muitas vezes, programadores, desenvolvedores e gestores sabem que existem estes dois tipos de bancos de dados do ponto de vista prático. Contudo, a rotina agitada ensina do ponto de vista prático, e com isso a teoria fica um pouco de lado.

Isso é um problema, afinal a teoria ressalta mais a diferença entre SQL e NoSQL, e facilita a hora de entender a aplicação dos dois armazenamentos de dados.

Para explicar melhor a diferença desses dois banco de dados, a Escola Linux preparou este artigo e reuniu tudo o que você precisa saber!

O que é banco de dados SQL?

O banco de dados SQL armazena dados relacionais e surgiu ainda na década de 70, nos Estados Unidos. À época, o nome SQL foi dado por E.F. Codd, programador da gigante da tecnologia IBM.

Na ocasião, o programador defendeu uma estrutura hierárquica de dados, isto é, uma mudança que tornasse a navegação de dados mais intuitiva a partir de tabelas formadas por linhas e colunas.

Hoje, os bancos de dados SQL continuam presentes e lembram as planilhas mais comuns do Excel. Aqui, os dados se transformam em tabelas e são detalhados a partir de linhas e colunas.

Entre alguns tipos de bancos de dados para SQL estão o PostgresQL, o Microsoft Access e o MySQL, sendo este último o mais popular.

Por fim, vale destacar que o objetivo deste banco de dados se resume a diminuir propriedades negativas e a aumentar a proteção das informações armazenadas.

O que é um banco de dados NoSQL?

Os bancos de dados NoSQL são formados por dados não relacionais, isto é, o programador consegue estruturar dados em uma mesma tabela, independente das informações sejam relacionadas ou não.

Na prática, este modelo de estruturação de banco de dados dá mais liberdade ao programador, que estrutura as informações como bem entender.

Este formato de armazenamento surgiu poucas décadas mais tarde que o SQL, mais precisamente no ano 2000. Como característica principal, a redução de custos é o fator que tornou esses bancos NoSQL rapidamente populares.

Hoje, entre alguns bancos NoSQL estão o Chave-Valor, um dos mais simples disponíveis, MongoDB, Redis, CouchDB, entre outros.

Além disso, é importante destacar que os bancos NoSQL também têm sido bastante populares por suas aplicações com armazenamento em nuvem.

Diferença do banco de dados SQL e NoSQL

O banco de dados SQL se limita à função de álgebra relacional, enquanto os NoSQL têm mais liberdade de aplicação devido ao armazenamento de documentos JSON.

Na prática, os armazenamentos SQL são boas alternativas para o gerenciamento de várias operações em tempo real, já o armazenamento NoSQL se destaca por ser útil em armazenamentos bem mais expressivos, ou seja, com uma proporção muito maior.

Com a base de dados NoSQL, o projeto armazena informações e as vincula com diferentes tabelas sem nenhuma limitação Isso aumenta a eficiência do seu projeto.

Autor do artigo

Paulo Henrique Oliveira

CEO da Linux Solutions, Networker e Millionaire Givers na BNI Brasil - Fiduciam RJ
Sobre mim
Mestre e Bacharel em Informática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Ibmec, com ampla experiência empresarial e liderança. Especialista em Linux e CEO da Linux Solutions, referência em soluções open sources para seu negócio.
Created with