Princípios básicos do React Native - Saiba quais são

Feb 3 / Paulo Oliveira
O react native é um framework multiplataforma essencial e fundamental para desenvolver aplicativos multiplataformas, sendo popularizado e idealizado pelo Facebook ainda em 2015. Atualmente, ele está presente em diferentes aplicativos e projetos na internet.

As pequenas empresas conhecidas mundialmente, como AirBnB, Uber Instagram, utilizam este framework para dar vida aos projetos que precisam ter uma conexão clara e facilmente construída entre plataformas.

Para explicar e detalhar os principais do preparo nativo , a Linux ou este artigo e as respostas das perguntas mais frequentes entre os programadores!

O que é reagir nativo?

O react native pode ser definido como um framework que salva e traduz recursos do JavaScript, e deste modo permite o desenvolvimento de aplicativos mobile para Android e iOS, entre outras soluções de automação.

Embora muito utilizado, ele não chega a ser o único framework multiplataforma. Pelo contrário, mesmo anos antes da sua estreia, já era possível encontrar e utilizar serviços de programação multiplataformas.

Entre alguns exemplos estão o Adobe PhoneGap, o Mobile First Platform e o Apache Cordova, conhecido por ser open source e pioneiro na questão do mobile first.

Contudo, o processo de desenvolvimento sempre se mostrou muito trabalhoso. Na prática, uma mesma aplicação precisava ter linguagens específicas de acordo com o sistema operacional.

Assim, um mesmo aplicativo e com soluções idênticas precisa ter duas linguagens, uma para atender o Android e outra para o iOS. Além do retrabalho, a experiência do usuário era impactada de acordo com o sistema operacional usado.

Do ponto de vista operacional, essa deficiência em termos de operação resulta, à época, em custos maiores, afinal a mão de obra especializada era maior e os custos de refazer funções do zero impactaram nas empresas.

Felizmente, o react native tornou possível desenvolver e aproveitar boa parte das funções já estabelecidas, reduzindo custos e tornando soluções digitais ainda mais acessíveis.

Princípios do react native

O react native consta com princípios claros para focar em aplicações consistentes e soluções híbridas que justifiquem a sua importância.

Para entender melhor, veja abaixo quais são os princípios deste framework!

1. Uso de componentes nativos

O react native parte do princípio de que as aplicações devem ter estrutura no layout. Justamente por isso, este framework conta com o método render para exibir as informações na tela com mais clareza.

Vale destacar também que há possibilidades específicas para os sistemas operacionais, que permite uma diferença de acordo com o escopo de cada projeto.

2. Gera códigos nativos

Um dos diferenciais deste framework é a possibilidade de utilizar a mesma programação para sistemas operacionais diferentes.

Com isso, o aplicativo tem o seu código convertido para Android ou iOS automaticamente e garante uma experiência próxima independente do dispositivo móvel.

3. Possui live reload

Outra característica própria do react native é o live reload. Como o próprio nome sugere, o envio é automático e feito em tempo real. Assim, o aplicativo se atualiza com esforço mínimo.

Este pode ser facilmente considerado o recurso mais importante para os programadores que permitem o uso do aplicativo mesmo em beta.
Created with