Tomcat - 5 motivos para você começar a usar

Jun 28 / Paulo Oliveira
O Tomcat tem ficado mais popular conforme o tempo passa e hoje este servidor web já está entre os mais usados do mundo.

Em geral, ele oferece soluções bem únicas e por se tratar de um programa leve e bastante flexível tem chamado bastante atenção dos gestores de TI. Não à toa, muitos profissionais passaram a investir em especializações sobre este servidor.

Contudo, por se tratar de uma solução open source, há dúvidas que permeiam esta importante solução de TI.

Justamente por isso, nós da Escola Linux preparamos este conteúdo e reunimos os principais motivos para dar uma escolha ao Tomcat.

O que é o Tomcat?

Lançado pela primeira vez em 1999, o Tomcat é um servidor web baseado em Java e, por se tratar de uma solução de código aberto, possui excelente relação entre custo e benefício.

No escopo inicial, o projeto previa um servidor web em HTTP onde o código Java poderia ser executado. Porém, felizmente o projeto foi muito além e hoje ainda se encontra com atualizações e soluções muito mais complexas.

Inclusive, atualmente o Tomcat superou a marca de 10 milhões de downloads desde o seu lançamento, estando presente em milhares de empresas que prezam por uma boa infraestrutura de TI.

Em geral, a razão dessa popularidade tão acima da média se dá por conta da facilidade em integrar o servidor com outros aplicativos e recursos que utilizam a programação Java.

5 motivos para escolher o Tomcat

O Tomcat possui distinções bem próprias, criando motivos bem únicos para escolhê-lo em comparação a outros sistemas.

Veja a seguir 5 motivos para escolher o Tomcat:

1. Sistema leve

Embora seja um servidor web, o Tomcat tem a façanha de ser um sistema extremamente leve de armazenamento. Ainda assim, todas as suas funções, desde a mais básica até a mais complexa, são rápidas e bem otimizadas.

Portanto, você consegue implementá-lo com facilidade em qualquer tipo de infraestrutura de TI. Inclusive, pode até mesmo implementá-lo e desta forma garantir um fluxo de trabalho ágil.

2. Conta com código aberto

O Tomcat trabalha com código aberto (open source, no inglês) e por isso qualquer profissional de TI consegue baixá-lo ou até mesmo fazer alterações diretas no código-fonte do servidor.

Esse diferencial significa dois fatores importantes: primeiro, o custo de instalação é mínimo, em muitas vezes quase zero. Segundo, a instalação dele pode ser personalizada e se adequar perfeitamente à infraestrutura de TI.

3. Garante estabilidade

Em muitos casos, a utilização do servidor com código aberto permite a integração e personalização de todo o sistema. Justamente isso torna todos os processos ainda mais estáveis no decorrer de cada execução.

Fora isso, vale destacar também que a instalação pode ser feita em conjunto ao firewall, tornando até mesmo a proteção do servidor ainda mais eficiente.

4. Disponibiliza atualizações e documentações extras

Como dito mais acima, o Tomcat trabalha com o código aberto e por isso muitos usuários conseguem fazer personalizações. No entanto, esse acesso mais democrático também garante atualizações e extensões periódicas gratuitas, tornando o servidor web ainda mais eficiente.

Além disso, a própria comunidade tira dúvidas e compartilha a documentação do servidor, disponibilizando tutoriais e informações extras indispensáveis para um bom funcionamento.

5. possui cursos de administração

Ao contrário dos servidores web tradicionais, o Tomcat é bem acessível e não requer uma faculdade de quatro anos para entendê-lo. Pelo contrário, um curso rápido torna qualquer estudante ou profissional de TI experiente no assunto.

Sendo assim, não deixe de conferir o curso online de Tomcat e assim se tornar um especialista no assunto!
Created with